• .

  • .

  • .

  • .

mestre aberre

Antonio Raimundo conhecido na Bahia como Mestre Aberrê praticava capoeira na baixada do Matatu Preto no bairro do Matatu. 

Treinava com diversos capoeiristas como Onça Preta, Geraldo Chapeleiro, Totonho Maré, Creoni, Chico Três Pedacos, Pedro Paulo Barroquinha, finado Barboza e foi o formador do finado Mestre Canjiquinha.

mestre caicara

Antônio Conceição Moraes (1923 - 1997), conhecido na capoeiragem como Mestre Caiçara da Bahia, cantador de primeira qualidade, contador de muitos casos e estórias da capoeira, tinha sempre uma boa reza para oferecer aos seus camaradas e por certo, aos não camaradas também.

Figura muito conhecida das Festas de Largo de Salvador, Mestre Caiçara sempre estava presente em qualquer festejo popular, portando em sua camisa as cores vermelho e verde, promovendo sempre a sua academia Angola São Jorge dos Irmãos Unidos do Mestre Caiçara, cujo o nome também é o tí­tulo de seu primeiro disco fonográfico gravado pela AMC, São Paulo, e encontrado ainda nas lojas de disco.

Defensor radical das tradições africanas era sempre bom receber em Nagô, Ketu, Gêge e Angola as suas bençãos e ouvir sua opinião sobre os grandes Capoeiras do passado e suas considerações sobre a Capoeira da atualidade.

Todas as tardes ele se encontrava no terreiro de Jesus confabulando, vendendo seu peixe e gingando com sua arte e magia.

mestre mirao

Emí­lio da Conceição Nascimento, o Mestre Mirão, foi introdutor da Capoeira em Guarulhos - SP, através da Associação Rosa Baiana.

 

Foi discípulo de Mestre Silvestre, fundador da Liga Guarulhense de Capoeira, da Federação de Capoeira do Estado de São Paulo, da Confederação Brasileira de Capoeira e da Federação Internacional de Capoeira.

 

Sofria de diabetes e de hipertensão arterial e por causa de um problema de trombose foi submetido a uma cirurgia de altíssimo risco, capoeirista de coração, preferiu arriscar a cirurgia a ter as pernas amputadas.

 

Faleceu aos 61 anos, sendo quarenta e cinco dedicados à causa da Capoeira e de sua ascensão social e esportiva.

mestre silvestre

Silvestre Vitório Ferreira, conhecido na Bahia como Ferreirinha foi aluno de Mestre Pastinha, treinou algumas aulas com Mestre Bimba e foi formado de mestre Caiçara. Em 1966 trouxe sua capoeira para São Paulo.

 

Mestre Silvestre foi o responsável pelo Grupo de Capoeira Vera Cruz e ensinou por muitos anos na Praça da Árvore em São Paulo.

 

Em 1972 fundou a Federação Paulista de capoeira juntamente com outros Mestres.

mestre delicado

Holien José de Sá Junior mais conhecido no meio da capoeira como Mestre Delicado se formou com Mestre Mirão na Associação Rosa Baiana em Guarulhos no ano de 1979 sempre divulgando seu trabalho no bairro da Penha em São Paulo.

 

Fundador do grupo de capoeira Angola e Regional da Penha, que mais tarde se tornaria o grupo Gingarte, Mestre Delicado atua em diversos projetos de inclusão social e disseminação de valores à  jovens e crianças carentes que vão desde aulas de capoeira, oficinas de berimbau, aulas de dança e projetos com idosos, de inclusão digital e aulas de alfabetização.

f t g
Direitos Reservados © 2019 olojo.com.br - Olojo Capoeira